Qual é a conexão entre os personagens?!

 

Hoje, venho trazer pra vocês uma “teoria” sobre a conexão entre os personagens e um possível motivo pelo qual eles foram levados para o mundo de Don’t Starve, a Constante.

Bom, quero começar dizendo que, essa teoria é mais baseada em especulações do que qualquer outra que trouxemos aqui pro site. Até porque não há muita informação sobre alguns personagens — sei que isso vai mudar com o tempo, especialmente agora que a Klei resolveu nos mostrar um pouco mais do passado de cada um deles. — Porém, esses “vídeos de origem” vão demorar a serem lançados, visto que desde seu anúncio em janeiro deste ano, só nos foi revelado a origem de Winona e Willow (eu sei que foram lançados vídeos de origem de outros personagens como Wortox, Wormwood e Warly também, porém me refiro aos personagens vanilla, os primeiros 11 originais), então, para não esperar, no mínimo até o fim do ano para sabermos a origem de todos os personagens, resolvemos escrever um pouco sobre o que NÓS achamos que pode ser sua origem.
Tendo em mente que a maioria do que será dito aqui é meramente especulação – e eu tenho quase certeza que quando forem lançados os vídeos sobre esses personagens, nossas teorias serão destruídas, como a Klei adora fazer (algumas a gente acerta, na real) – Vamos ao que interessa;

Wilson:

Esse é o mais fácil, devido ao foco enorme nele, sendo o principal e tudo mais.

Wilson é um cientista com cerca de 30-35 anos (de acordo com a própria Klei, no facebook), ele parece viver longe da sociedade, até que um dia é contatado por Maxwell através do rádio Voxola. Nós já sabemos disso, ele acaba construindo o portal do modo aventura, utilizando “conhecimento proibido” dado por Maxwell, etc e etc. Um pouco de sua origem já foi mostrada em Forbidden Knowledge.

Forbidden Knowledge

No geral, ele foi uma das pessoas a comprar o rádio [Aparentemente Maxwell precisava desse rádio para entrar em contato com pessoas no mundo real, ainda falaremos mais sobre isso], assim se tornando alvo de Maxwell, devido a sua localização isolada e conhecimento científico, pelo menos é o que parece.
Fora isso, Wilson não parece compartilhar nenhum tipo de familiaridade com nenhum outro personagem antes dele, pelo menos com o que sabemos até agora.
Porém, como foi mencionado pelo usuário “vanyadolly” lá nos fóruns da Klei, existe a possibilidade de que a cabana em que Wilson vive, seja a mesma cabana que Charlie menciona nos Puzzles de William Carter.
Sabemos que Charlie foi levada a Constante quinze anos antes de Wilson, ela em 1906, ele em 1921 (lembrando que isso é baseado em informações oficiais mas que talvez estejam desatualizadas, devido a algumas mudanças na lore do jogo recentemente), quinze anos é bastante tempo pra algumas coisas acontecerem… Entretanto, devemos considerar outra coisa antes de mais nada; a irmã de Charlie, Winona. Se é uma propriedade de família, a escritura só poderia ser passada a outro familiar, ou algo do tipo… a menos que Wilson esteja relacionado a Charlie de alguma forma? (inserir toque de mistério aqui)

Certo, assumindo que Wilson NÃO tenha nenhum parentesco com Charlie, a irmã dela deve ter vendido a propriedade, ou estar desaparecida?! Sabemos que Winona também foi levada a Constante, então, se todos os herdeiros se foram, torna-se possível que Wilson compre a propriedade perfeita; uma cabana isolada.
Bom, parece perfeitamente plausível e eu particularmente adoraria a ideia de isso ser oficial, mas como eu disse no início, são só especulações.

Willow:

Bom, o vídeo de origem de Willow “From the Ashes” nos mostra que ela, de fato, como algumas pessoas já suspeitavam, causou o incêndio em seu orfanato. Embora não tenha sido mostrado o que exatamente aconteceu atrás daquela porta.

From the Ashes

Então, como ligamos ela a Maxwell?
A primeira coisa que vinha a mente, era o incêndio que ocorreu na fábrica dos rádios Voxola, porém, o vídeo de origem de Winona “Next of Kin” nos mostra que Willow não teve nada a ver com o incêndio. A única coisa que realmente pode conectar ela a Maxwell é o Terrorbeak perseguindo-a pelo orfanato. Talvez a criatura estivesse ali a mando de Maxwell, entretanto, em algum momento, é visto que a mesma destrói o chão, porém, quando a câmera foca novamente no quarto, não há nenhum buraco lá. Pode ter sido um erro de animação ou pode ser uma indicação de que, na verdade, a ilusão da aparição estava somente na mente de Willow. Me veio também a ideia de que seria Maxwell tentando atormentá-la a “ativar” seus poderes? pois é visto que, eventualmente, quando o Terrorbeak tenta atacá-la, o quarto se incendeia e Willow foge em meio as chamas. Talvez ali, ela tenha finalmente descoberto seu lance com o fogo, mas novamente; é somente especulação.

De qualquer forma, sabemos que durante os eventos do vídeo, ela ainda é uma criança e, como a Klei já mencionou, no mundo de Don’t Starve, a Constante, Willow já tem cerca de vinte anos. Também vimos que o vídeo se encerra quando ela foge do orfanato, o que significa que é bem possível que ainda haja mais coisas a se contar sobre Willow antes que ela tenha ido parar na Constante.

Wolfgang:

Antes de Maxwell encontrar o Codex Umbra, ele era um homem simples; William Carter. As coisas não funcionaram da maneira que ele queria e um vagão de circo atingiu o vagão de trem em que o mesmo se encontrava. Wolfgang era parte do circo, e nós sabemos disso devido a um poster que fala de um “Strongman”, nos Puzzles de William Carter. Maxwell mantém esse poster em seu quarto secreto como algo que ele claramente deseja se lembrar… Sabemos que ele é do tipo de pessoa que guarda rancor.

Vale mencionar aqui também que, na terceira parte dos puzzles, encontramos um bilhete de um homem mencionando um chefe e ameaçando William, algumas hipóteses apontam que quem escreveu o bilhete foi Wolfgang. Essas hipóteses já foram citadas quando falamos dos Puzzles, aqui. Se Wolfgang de fato, ameaçava William, explicaria o motivo de o mesmo ter sido levado a Constante, vingança! Assim como o caso de Wes. Fora isso, o jeito é esperar novas informações quando o vídeo de origem do personagem sair.

Wendy (e Abigail):

Essa parece um pouco “fácil”. Baseado na mensagem de Jack (também no terceiro Puzzle), irmão de William, vemos uma menção a gêmeos(as) que provavelmente são Wendy e Abigail. Nesse contexto, sugere que Jack é o pai das gêmeas, o que faria de Maxwell um tio. Isso é evidenciado pela fala de Wendy ao examinar a estátua de Maxwell: “eu sinto uma estranha familiaridade com ele“. Já que Wendy era bem pequena quando William foi levado, faria sentido a mesma não o reconhecer.
Essa conexão se extende com Abigail sendo a outra gêmea, e que provavelmente foi morta durante o terremoto de San Francisco em 1906, que parece ter sido causado pelos eventos que vemos no ato final de Maxwell. Ou Talvez Abigail tenha sido morta por outro motivo. Claro, somente a conexão com Maxwell não explica qual a razão de terem sido levadas. Na verdade, levanta mais perguntas, por que o “tio” levaria as próprias sobrinhas pra uma dimensão sobrenatural paralela? Talvez ele achou que de alguma forma, as protegeria por ter controle (na época) sobre o mundo? Difícil dizer.

Admito que, o vídeo de origem de Wendy e Abigail é um dos que mais espero ansiosamente…

hm? que presença familiar” – Maxwell ao examinar a flor de Abigail.

WX-78:

Já que ele é mecânico, temos alguns suspeitos para possível conexão: Wagstaff e Winona.
Ambos tem experiência com ciência e coisas mecânicas. Existem duas ideias principais; ou ele foi feito por alguém OU ele fez ele mesmo.
A última ideia parece meio zoada, mas veja dessa forma; uma pessoa transformou ela mesma em um robô. Isso poderia explicar porque um esqueleto é visto quando um raio atinge WX-78 (claro que o problema aqui seria que também aparece osso em outros personagens, em cabelo ou saias).
Já que Wilson era um cientista fracassado, eu acho improvável que ele tenha tido parte na construção de WX-78. (Especialmente porque os avanços científicos de Wilson não eram grandes coisas antes de Maxwell lhe dar o “conhecimento proibido“, e nenhuma de suas falas relacionadas a WX-78 indicam isso). As falas de Winona também não indicam nenhum tipo de conexão de forma direta.

Wagstaff é provavelmente, a melhor das possibilidades. O sistema de nome é o mesmo que o dos rádios Voxola PR-76 (da fábrica de Wagstaff), para WX-78 são somente dois números. Isso pode representar o número das invenções.
Algumas dicas que talvez sugerem que WX-78 foi construído por Wagstaff são;

– A fala de Wagstaff ao examinar o Cavalo guerreiro marinho – é que esse cavalo não tem bem um nome traduzido – me refiro a esse cavalo aqui de Shipwrecked é “Que incrível! Eu tive muita dificuldade em fazer com que meu autômato fosse a prova d’água.” Isso parece ser uma referência a fraqueza de WX-78 em relação a água.
– WX-78 e Wagstaff são os únicos que identificam o componente faltando de um dos itens encontrados nos túmulos. (Wagstaff diz: “Ah. Precisa de um DR356X001.” e WX-78 diz: “Claro que está quebrado, está faltando um DR356X001.”)

isso me lembra de alguma coisa” – WX-78 ao examinar a a campfire com fogo máximo.

Bom, sabemos que WX-78 foi, aparentemente, construído por Wagstaff. Mas como ele foi parar na Constante, é um mistério. Também é incerto dizer qual dos dois entrou na Constante primeiro.

Wickerbottom:

Essa é interessante…
(e com isso eu quero dizer que eu não tenho nenhuma pista e não faço ideia hahaha)
Bom, o que sabemos é que ela é uma bibliotecária e o que uma bibliotecária teria a ver com Maxwell? livros, ou UM livro em específico; o Codex Umbra.
Onde Maxwell o conseguiu? não sabemos, mas quando ele encontrou o livro inicialmente, talvez ele tenha checado por autenticidade ou coisa assim, digo, é um livro antigo e desconhecido. Talvez ele tenha ido até alguma biblioteca para descobrir o que era aquele livro que havia encontrado e conheceu Wickerbottom?

eu não vou deixar ISSO na MINHA biblioteca” – Wickerbottom ao examinar o Codex Umbra.

Wickerbottom é bastante sábia, não somente sobre coisas científicas mas sobre coisas mágicas também e isso significa algo já que a maioria das pessoas não é familiarizada com magia. Resta saber se todo esse conhecimento dela já vinha do mundo real ou ela só teve contato com a magia diretamente após ter sido levada a Constante. Talvez, seu conhecimento tenha sido o motivo de Maxwell ter escolhido ela?
Também é possível ver uma foto de desaparecida de Wickerbottom em meio ao mural de Winona em Next of Kin.

Dito isso, eu realmente não tenho mais pistas sobre ela. Porém, tem uma fala que me interessa bastante e que é bem intrigante…

você conhece o preço do renascimento tão bem quanto eu” – Maxwell ao examinar o fantasma de Wickerbottom.

 

Bom, pessoal, para esse post não ficar muito extenso (e o resto da staff reclamar comigo), vou parar por aqui e continuarei numa parte 2 com o resto dos personagens, outro dia. Por enquanto é só.

Comentem, por favor.

 

Continuação do post aqui ->